Páginas

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Caros Proprietários de Escolas de Surf credenciadas ACES

É com grande satisfação que nos dirigimos até vocês para compartilhar algumas vitórias que conquistamos juntos. Este ano atingimos a maioridade de nossa entidade. Estamos com os impostos em dia e temos todos os registros necessários para tornar a ACES reconhecida como entidade esportiva, apta para apresentar projetos esportivos em prol do segmento das Escolas de Surf. A ACES está registrada no CREF3-SC e no CED - Conselho Estadual de Desporto como Entidade Esportiva.
Podemos comemorar os avanços conquistados em Florianópolis, capital do Estado, que emite anualmente uma Portaria Municipal, embasada na lei orgânica do Município, contendo regras para o funcionamento de escolas de surf nos balneários da Ilha, servindo de exemplo para todo o restante do estado e do Brasil, como segmento esportivo organizado. Com 98% das Escolas Regulamentadas e 100% das praias mapeadas, nossa tarefa foi cumprida integralmente na Ilha, em se tratando de regulamentação. A maioria das Escolas também já está buscando a formalização através do cnpj. Agora inicia-se uma nova fase.

No recadastro 2010-2011, O Certificado de Escola Qualificada será entregue GRATUITAMENTE, mediante apresentação de todos os documentos e pré requisitos apresentados na Portaria Municipal, fazendo com que qualquer Escola de Surf que pretenda se instalar na Ilha tenha acesso à regulamentação determinada pelas entidades parceiras PMF / ACES / CREF3-SC / FECASURF.
O pagamento da anuidade 2010-2011 será opcional para as Escolas de Surf que, efetivamente, desejem participar da Associação de Escolas de Surf, de seus projetos, além de terem seus endereços, sites, e-mails e fones, divulgados no site da ACES e sites relacionados, como associada ACES. Estas escolas participarão dos rumos e projetos da Entidade, como membros associados efetivos, com direitos garantidos no estatuto da ACES, sendo livre a decisão de ser ou não associado, porém garantindo aos sócios os benefícios do associativismo. No caso da ACES, juntos podemos buscar muito mais.
Já solicitamos a abertura da Portaria 2010/2011 para final de Agosto (23/08), e já nos primeiros dias da portaria estaremos entregando os Certificados de Escola Qualificada ACES 2010-2011. Os proprietários que estiverem viajando, favor entrar em contato via email que encaminharemos ofício à SESP garantindo a participação.

Sendo o que tínhamos para o momento
Subscrevemo-nos
Diretoria ACES Gestão 2009-2011

FIQUE ATENTO AOS COMUNICADOS.


DICA - procure um contador de sua confiança e informe-se a respeito da regularização da sua Escola de Surf como empresa. Vários são os benefícios, basta que vc dê o primeiro passo.
Hoje a abertura de empresa é mais descomplicada e pode ser feita no nome de uma só pessoa, o que facilita para todos que tem Registro no CREF3-SC, para abertura de Escola de Esporte.

Hilton Alves is a lover of the sea

Marine artist and surfer Hilton Alves is a lover of the sea. This passion leads him to express all the beauty of the aquatic world in drawings, paintings and murals. Self-taught, Hilton began painting professionally seven years ago.
Artista marinho e surfista Hilton Alves é um amante do mar. Esta paixão leva-o para expressar toda a beleza do mundo aquático em desenhos, pinturas e murais. Autodidata, Hilton começou a pintar profissionalmente há sete anos.

 

Site: http://www.theartofhilton.com/
Fonte: http://www.escolasdesurf.org.br/

sábado, 14 de agosto de 2010

Ride a long wave with Laird

Salva Surf Escola - Floripa


Endereço: barra da lagoa ( em frente ao projeto TAMAR ) - Florianópolis - SC
Email: salvasurfescola@hotmail.com
Fone: (48) 9988-2274 / 32327115 .Prof: Andre Barcelos
--------------------------------------------------------------------
Address: Bar pond (in front of the TAMAR project) - Florianópolis - SC
Email: salvasurfescola@hotmail.com
Phone: (48) 9988-2274 / 32,327,115. Prof: Andre Barcelos

Veja mais vídeos no site: http://www.escolasdesurf.org.br/

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

domingo, 1 de agosto de 2010

The Underwater Project

Mark Tipple é um australiano de 29 anos que desistiu de tirar fotos de surf dentro da água por um motivo bastante justo: vivia tomando pancada da sua camera de 5kg na cabeça. Fez então o que a maioria das pessoas faz diante de uma onda e mergulhou. E acabou se especializando nesse lugar mágico em que uma piscina olímpica inteira passa rolando por cima de nossas cabeças, sem que a gente se dê conta da plasticidade do momento. Pelas imagens do Underwater Project dá para entender o paradoxo das ondas: para respirar logo, mergulhe o mais fundo que conseguir.


ACES - Associação Catarinense das Escolas de Surfe
Site: The Underwater Project
 

Rede Social